MUCUACHE - MUHAVIRE: Elaboração do Modelo Territorial (visão geral) e Plano de Pormenor de Mucuache, Posto Administrativo de Muhaivire

CLIENTE: Conselho Municipal da Cidade de Nampula

FINANCIAMENTO: Conselho Municipal da Cidade de Nampula

PRAZO: 08 meses

EQUIPA: 07 Especialistas da VT, Lda

STATUS: Aprovado pela Assembleia e ractificado pelo MAEFP

PRINCIPAIS ACTIVIDADES

O trabalho de consultoria para elaboração do Modelo Territorial e Plano de Pormenor de Mucuache, teve como principais actividades:

  • Desencadeamento de processos participativos através de audiências públicas;
  • Levantamentos de dados e informações de caracter físico-geográ cos, Sócio-ambientais, económicos, históricos e culturais;
  • Elaboração de cartogra as da Unidade Comunal Mucuache (Mapas: Enquadramento, divisão administrativa, hidrográ cos, densidades, relevo);
  • Elaboração da cartogra a sobre a situação actual da Unidade Comunal Mucuache (Mapas: Condicionantes, Mobilidade e Acessibilidade e Zoneamento do Uso do Solo Actual);
  • Elaboração do Relatório da análise da situação actual;
  • Elaboração do Relatório de fundamentação, peças desenhadas da proposta e Regulamentos.

 

LÍDER DE EQUIPA E PRINCIPAIS FUNÇÕES

Msc. Roberto Bernardo: Coordenação Técnico-cientí ca; controle de qualidade; orientação do trabalho de campo, coordenação com as equipas compostas por Plani cadores Urbanos, Arquitectos, Jurista e Técnicos do Conselho Municipal da Cidade Nampula, Autoridades Administrativas e Liderança local.

 

PRINCÍPIOS APLICADOS PARA O DESENVOLVI- MENTO URBANO SUSTENTÁVEL

  1. Espaço adequado para estradas e espaço público numa rede viária e ciente:
    • 30-35% da área de intervenção a ser desti- nada para rede viária, 15-20% destinado ao espaço público e 50% aos lotes;
    • No mínimo 18km de estradas em cada Km2; – No mínimo 80 cruzamentos em cada km2.
  2. Uso misto:
    • No mínimo 40% da área dedicada a usos económicos;
    • Usos especializados limitados; blocos de único uso devem ser abaixo de 10% de toda a área de intervenção.
  3. Mistura de classes sociais:
    • 50% da área habitacional deve ser para habitação de baixo custo;
    • Cada categoria de uso nunca deve ser aci- ma de 50% do total.
  4. Densidade adequada:
    • No mínimo 15.000 habitantes por km2, que corresponde a 150 hab/Há.
  5. Conectividade:
    • Maximizar distâncias a percorrer a pé e de transporte público.

Copyright 2020 - Vocação Técnica, LDA - Todos Direitos Reservados.