PEU DE BOANE: transição de uma agricultura de subsistência para agricultura empresarial

CLIENTE: Conselho Municipal da Vila de Boane

FINANCIAMENTO: Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural

PRAZO: 2017 - 2019

EQUIPA: 15 Especialistas da VT, Lda

STATUS: Aprovado pela Assembleia e ractificado pelo MAEFP

PRINCIPAIS ACTIVIDADES

  • Desencadeamento de processos participativos através de audiências públicas, Levantamentos de dados e informações de caracter físico-geográficos, Socio-ambiental, económicos, históricos e cultural; Elaboração de cartografias necessárias.
  • Desenho dos cenários de desenvolvimento da Vila Municipal de Boane, teve como base a visão de “Garantir o desenvolvimento socioeconómico, territorial e ecológico”. Dos três cenários, o preferencial foi o de “Boane como cidade integrante da área metropolitana de Maputo” que propôs a criação de um modelo territorial orientado para a transição de uma agricultura de subsistência para agricultura empresarial, onde se preserva áreas para a prática de agricultura e não as convertendo para o uso habitacional; promoção da actividade comercial, criação de polos logísticos, locais de armazenamento dos produtos, intensificação da produção de grandes quantidades comerciais, transacções comerciais e a prestação de serviços de apoio. As linhas de forças, definidas, do Cenário de Desenvolvimento Urbano foram: Desenvolver uma área destinada a edificação da cidadela administrativa e com este vector definir outra centralidade, Desenvolver áreas turísticas ao longo da costa oceânica no Sudeste do município e ao redor da barrage; Desenvolver serviços colectivos de utilidade pública (Mercado grossista, parques automóveis e industriais, autódromos, parques desportivos, de entre outros); desenvolver as funções agrícolas a Sul ao longo da parte ocidental da E N200 como uma faixa verde entre as áreas industriais do lado Este da E N2 e as funções universitárias ao Oeste; Estabelecer uma conexão a Norte do centro urbano consolidado de Boane, Localizar as funções industriais nas áreas ao Norte onde já há assentamentos industriais (Mozal sobretudo) e no sul do município, na parte oriental da E N2, criar espaços para desenvolvimento de pequenas e médias industriais (parque industrial);
  • Estabelecimento de pontos logísticos de abastecimento da Vila (Mercado Grossista, Parques automóveis, de entre outros).
  • Foram elaborados os seguintes entregáveis: i) Relatório de Analise da Situação Actual e respectivas plantas; Relatório de fundamentação das Opções Tomadas no Plano e respectivas peças desenhadas da proposta (plantas), e, iii) Regulamento do Plano e; iv) Plano de Execução (de Implementação). Os entregáveis foram concluídos e entregues.

Copyright 2020 - Vocação Técnica, LDA - Todos Direitos Reservados.